segunda-feira, 31 de maio de 2010

À espera de ....mim

Postado por Camilla Fernanda às 02:46
Reações: 
3 comentários

E eu que sonhei tanto,eu que procurei tanto,agora me vejo aqui,sem sonho e sem procura,vivendo um dia de cada vez e agradecendo imensamente a Deus só por poder ver os dias passarem. Não se trata de desânimo,talvez um cansaço momentâneo,talvez seja o surgimento da tal estrela depois de tanto caos,talvez seja.
Estou tentando ser mais realista,menos infantil,mais confiante,menos chorona, mais decidida e segura.Pra vê se assim tudo se ajeita,pra vê se a sorte me encontra e fica pra sempre.Porque não é de se espantar que eu esteja cansada,de quebra-cabeças que eu não entendo,eu já estou farta. E se no fim tudo vai acabar bem, eu fico quieta e espero [sentada,quase deitada] pacientemente esse tal fim de qualquer coisa,com apenas uma questão na cabeça: Será que ainda falta muito pra acabar?

domingo, 30 de maio de 2010

Postado por Camilla Fernanda às 02:16
Reações: 
1 comentários
"É necessário ter o caos cá dentro para gerar uma estrela."
Friedrich Nietzsche


Eu? Sinto que estou quase lá.


;)

domingo, 23 de maio de 2010

♪♫

Postado por Camilla Fernanda às 13:01
Reações: 
2 comentários
Mesmo sozinho- Nando Reis
Uh... Baby
Por que você foi pra tão longe?
Não precisava tanto
Bastava só não telefonar

Uh... Baby, baby, baby, baby
O que aconteceu?
O ar não foi suficiente?
Você não viu, você sumiu
Mudou de lugar

No mais, estou vivendo normalmente
Não vou ficar pensando
Se tivesse sido o contrário

Estou feliz
Mesmo sozinho (a)
Esse silêncio é paz
Nesse momento cai
Uma forte chuva
Quem vai ficar chorando?

Uh... Baby!
Sabe do que eu sinto saudades?
Do seu sorriso de manhã
E do quarto tão desarrumado

Uh... Baby
Saiba que eu gosto muito de você
Espero que esteja feliz
E bem acompanhada (o)

Normal, estou vivendo simplesmente
Não vou ficar pensando
Se tivesse sido contrário

Estou feliz
Mesmo sozinho(a)
Esse silêncio é paz
Nesse momento cai
Uma forte chuva
Quem vai ficar chorando?

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Lições do cinema N° 1

Postado por Camilla Fernanda às 16:11
Reações: 
4 comentários
"A vida passa muito depressa se não pararmos para curti-la, ela passa sem se perceber"

Ferris Bueller em Curtindo a vida adoidado
;)

SELOS

Postado por Camilla Fernanda às 14:11
Reações: 
6 comentários
Genteeeee,olhaa o que eu ganhei da minha amiga blogueira(plus),brasiliense e linda Sté.Ela que me encanta com seus lindos versos no: http://www.aomeurespeito.blogspot.com/
com ótimos livros em : http://www.maisqueversos.blogspot.com/
e mais recentemente juntamente com a Lary, vem embelezar o mundo em:  http://vouprarua.blogspot.com/ 
Que lindo,adorei minha flor.Obrigada pelo carinho!


O que é Prêmio Dardos?


O Prêmio Dardos é um reconhecimento dos valores que cada blogueiro emprega ao transmitir valores culturais, éticos, literários, pessoais, etc. que, em suma, demonstram sua criatividade através do pensamento vivo que está e permanece intacto entre suas letras, entre suas palavras. Esses selos foram criados com a intenção de promover a confraternização entre os blogueiros, uma forma de demonstrar carinho e reconhecimento por um trabalho que agregue valor à Web.


Aqui vão as regras:

* Exibir a imagem do selo no blog.
* Exibir o link do blog que você recebeu a indicação.
* Escolher 10, 15 ou 30 blogs para dar indicação, e avisá-los.


Meus Blogs favoritos:
http://abaixodoradar.blogspot.com/
http://abstracoeslirimosfilosofices.blogspot.com/
http://ataldabuh.blogspot.com/
http://aomeurespeito.blogspot.com/
http://caixinhadelicada.blogspot.com/
http://casodascoisas.blogspot.com/
http://lalahrabelo.blogspot.com/  
http://muitoigualavoce.blogspot.com/
http://liamarizia.blogspot.com/
http://revelandosentimentos.blogspot.com/
http://renatinhascs.blogspot.com/
http://tipicoepeculiar.blogspot.com/  
http://universoelegantegookz.blogspot.com/
http://versoslepidos.blogspot.com/ 

e por enquanto é só.
Beijiinhos
=**

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Pensando...

Postado por Camilla Fernanda às 12:23
Reações: 
8 comentários
E cá estou eu, mais uma vez em uma manhã de segunda-feira de céu azul e calor extremo,escutando música e pensando que eu tenho que pintar minhas unhas antes das 11h se não vai acabar borrando quando eu for banhar.
Olho pro canto inferior direito da tela e vejo que já são 11:15h e nem dá mais tempo.Penso então que o jeito mesmo é parar de escrever e pintar logo se não chego atrasada na aula.Acabo ficando na dúvida se escrevo mesmo isso,afinal pode ficar parecendo que eu sou meio fútil e irresponsável.
E aí eu me lembro que não estou nem aí pro que vão ficar pensando e continuo escrevendo e mais tarde pinto a unha e pronto.
-Mas porque tu não para de escrever e pinta logo?
-Ora porque a minha inspiração é como a minha concentração na aula de antropologia.
-...
-É como um balão que uma criança de 3 anos está segurando: a qualquer momento pode voar e não mais voltar.Já perdi vários balões assim.
- Era essa a metáfora do balão que tu queria fazer? Não era aquela "o amor é tão grande que estoura um balão?"
-Não,isso foi o que a criança de 3 anos disse sobre o amor.
-A tá.
 E penso que eu deveria escrever alguma coisa que faça sentido, que esse texto nem tá legal.
Penso,penso e constanto então, que essa minha luta em sempre tentar acertar é que talvez esteja me levando ao erro,essa minha ânsia em vencer é que me faz perder.E logo presumo que já que eu nunca fui assim muito de ganhar eu deveria mesmo era fazer o melhor que sou capaz, só pra viver em paz e admito logo que eu vivo mesmo a esconder o coração.
Penso que eu deveria mesmo era aceitar que se ele não quer o meu álcool forte, continuando a  preferir Água Perrier eu deveria mesmo era compor uma nova canção cantando contando tudo isso.Falaria que apesar de estar lisonjeada com a sua fascinação por mim,ele é inacessível e que eu preciso de um tempo pra pensar.
E ai penso que eu tenho é que aprender que os homens amam as mulheres poderosas e ser logo poderosa pra vê se alguém me ama.E penso logo depois, que eles têm que gostar de mim do jeito que eu sou,oras.E aí eu me lembro que isso é só besteira e que eu tenho mesmo é que pedir esse livro emprestado pra minha tia, afinal é tudo um jogo e a gente tem que ser o que as pessoas querem que a gente seja.E aí eu me lembro que eu já faço isso e que talvez esteja tudo do jeito que tem que estar.
E aí penso que eu escrevo muito "que",talvez esteja tudo sem concordância,coesão e coerência e eu tenho é que pedir pra Bia corrigir esse texto antes de postar.Aí eu lembro que não vai dá tempo, afinal botei lá no começo do texto que era uma manhã de segunda-feira,Bia deve tá dormindo e eu preciso aprender a escrever.
Penso também que eu penso demais e se continuar escrevendo tudo que eu tô pensando assim instantaneamente, esse post vai ficar enorme e sem sentido nenhum.
Penso que tá na hora mesmo é de admitir que eu estou pintando a unha enquanto escrevo e que tenho que terminar isso logo,(o post e a unha) ir almoçar,banhar que eu já estou atrasada.
E aí eu penso que eu já me livrei de alguns pesos,já perdoei meus enganos e que eu também já achei que me acompanhava mas estou mesmo é cansada de esperar e fico em dúvida se alguém gritou meu nome ou se fui eu que quis escutar.E constato enfim que todo mundo pode usar e abusar de amar.
Penso que o texto vai ficar é assim mesmo,sem sentido,sem boa ortografia,imagem e grámatica correta, porque eu borrei a unha do dedo anelar da mão direita e o dedão da esquerda e vou ter que refazer.Droga!

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Conselhos

Postado por Camilla Fernanda às 12:17
Reações: 
6 comentários

Você pode ir embora e nunca mais ser a mesma.
Você pode voltar e nada ser como antes.
Você pode até ficar, pra que nada mude, mas aí é você que não vai se conformar com isso.
Você pode sofrer por perder alguém.
Você pode até lembrar com carinho ou orgulho de algum momento importante na sua vida: formatura, casamento, aprovação no vestibular ou a festa mais linda que já tenha ido, mas o que vai te fazer falta mesmo, o que vai doer bem fundo, é a saudade dos momentos simples:
Da sua mãe te chamando pra acordar,
Do seu pai te levando pela mão,
Dos desenhos animados com seu irmão,
Do caminho pra casa com os amigos e a diversão natural
Do cheiro que você sentia naquele abraço,
[...]
De qualquer forma, não esqueça das seguintes verdades:

  • Não faça nada que não te deixe em paz consigo mesma;

  • Cuidado com o que anda desabafando;

  • Conte até três (tá certo, se precisar, conte mais);

  • Antes só do que muito acompanhado;

  • Esperar não significa inércia, muito menos desinteresse;

  • Renunciar não quer dizer que não ame;

  • Abrir mão não quer dizer que não queira;

  • O tempo ensina, mas não cura.


Por Martha Medeiros

.....

Postado por Camilla Fernanda às 01:44
Reações: 
2 comentários

"Meu pai, meu pai do céu, meu pai do céu

Eu quase me esqueci, me esqueci

Que o teu amor vela por mim, vela por mim

Que seja feito assim."

Pai nosso- Padre Marcelo Rossi
 

Tudo que acho certo Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei