segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Postado por Camilla Fernanda às 10:29
Reações: 
0 comentários


Hoje eu sonhei com você mais uma vez, no sonho estávamos juntos e eu te dava um abraço apertado e um grande beijo. Você dizia algo como “se você aceitar não ter filhos, a gente pode ficar junto” agora isso soa como um grande insulto mas no sonho tudo era muito leve e bom.
Eu sinto tanto a tua falta que dói, cada passo que eu dou tem algo seu. Seja uma lembrança, seja uma imagem. Você está em todo lugar.
Eu ainda me preocupo muito contigo e penso no que você deve estar fazendo. O seu carro aparece o tempo todo, mas nunca é o seu. Eu não sei nada de você mas tenho muita vontade de saber. Você não sabe nada de mim e eu tenho certeza q realmente não quer saber. Afinal, foi escolha sua tudo isso. Eu tento me lembrar disso o tempo todo “você escolheu não estar comigo” funciona por alguns minutos e eu me sinto levemente conformada. Mas as lembranças e a saudade não me deixam.
Dói ser rejeitada, dói você não ter voltado atrás, dói você não perguntar como eu estou. Tudo aqui dói e é como se não passasse nunca.
Fico perdendo horas pensando se você fez realmente aquela prova e hora desejo que passe mesmo e vá embora, hora me pego desejando que não passe, que fique aqui, como se algo pudesse ainda ser diferente caso você fique na cidade. Peço a Deus todos os dias que tire esse sentimento de mim, que minimize as lembranças que acabe com meu sofrimento. Ainda não funcionou.

Me sinto tão sozinha, você significava tanto pra mim. Não sei onde foram parar todas aquelas declarações, todos os mimos, todos os planos. Tudo se foi, só restou a lembrança dolorosa de quem já nem gosta tanto assim, de quem não ficou, de quem não quis ficar. Eu por fim, sinto muito por você sentir tão pouco. 
 

Tudo que acho certo Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei