quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Nas folhas secas da vida efêmera

Postado por Camilla Fernanda às 16:40
Reações: 

Foi agradável, bonito, interessante, desafiador e fora do comum. Pensamentos e palavras se encaixavam como se tudo fosse ensaiado. Como a atuação de grandes atores em um filme indicado ao Oscar, nós cabíamos perfeitamente naquele papel. E o prêmio seria nosso, se tudo não tivesse sido extremamente natural, imprevisível e inesperado. Se não tivéssemos a leveza da nossa surpresa em descobrir tanta afinidade, mereceríamos o prêmio.
Aquele momento foi único e jamais poderá ser repetido, por mais que tentássemos, ele não se repetiria. E eu sabia disso. Não dá pra reproduzir a espontaneidade. Dá pra fingir espontaneidade, mas nem somos atores, lembra!? Nem de novela mexicana, muito menos de filme americano clichê.
Somos normais, comuns. Somos sem graça. Dois sentimentais não assumidos, dois medrosos, dois feridos, dois pé-atrás com a vida. Só somos raros juntos e inspirados. Desarmados e calmos. Manipuladores e provocativos.
Se não fôssemos tão teimosos e cheios de armaduras, poderíamos tentar. Tentaríamos ser os personagens do filme, ao invés dos atores. Seríamos daquele tipo que percebem a efemeridade e fragilidade da vida e tem pressa, seja por quererem de verdade, seja por só terem no máximo 180 minutos. E tudo duraria enquanto alguém acreditasse, enquanto fosse mágico e parecesse verdade.
Mas a explicação para continuarmos insistindo em nos manter distante é essa:
No dia em que nossos caminhos se cruzaram, tudo aconteceu no sono REM e durou o tanto que um bom sonho pode durar...
não o bastante pra ser real.
Camilla Fernanda


"Não é mentira, é só um jeito de contar a verdade com algum encantamento" Tati Bernardi

3 comentários:

.Sté. on 30 de agosto de 2010 10:24 disse...

Tu devia escrever mais.
São lindas as tuas palavras.
beijos

Cam on 1 de setembro de 2010 12:33 disse...

OBrigada, Stée
=**

Larysse Tavares on 2 de setembro de 2010 11:29 disse...

Linda a verdade por detrás destas palavras <3

 

Tudo que acho certo Copyright © 2010 Design by Ipietoon Blogger Template Graphic from Enakei